Após resultados ruins, Lenovo anuncia demissão de 3.200 funcionários

Em 13 ago 2015 - 2:02pm por redação
Após resultados ruins, Lenovo anuncia demissão de 3.200 funcionários

Em resposta à uma queda nas vendas de PCs e aparelhos móveis, a Lenovo resolveu demitir 3.200 funcionários e reduzir seu portfólio de smartphones.

A empresa chinesa enfrentou um mercado especialmente duro no segundo trimestre do ano, afirmou o CEO Yang Yuangqing. A demanda para PCs e tablets caiu, enquanto que a competição cada vez mais acirrada no mercado chinês de smartphones diminui as vendas da empresa no segmento.

Os ganhos da empresa no segundo trimestre ficaram abaixo das expectativas. O lucro da fabricante ficou em 105 milhões de dólares no período, 51% a menos do que em relação ao mesmo trimestre do ano anterior. Os rendimentos, por sua vez, aumentaram apenas 3% nos mesmos meses, ficando em 10,7 bilhões de dólares.

Em resposta, a Lenovo anunciou medidas para cortar custos, que incluem reduzir em 5% sua força de trabalho de 60 mil funcionários. 

Além disso, a empresa está reestruturando seu grupo mobile, para abrir caminho para um portfólio de produtos mais simples com menos modelos de smartphones.

As demissões anunciadas nesta semana ajudarão a empresa a reduzir suas despesas em cerca de 1,35 bilhão de dólares ao ano, aponta a Lenovo.

A companhia afirmou que as demissões e a reestruturação serão completadas o quanto antes.

Comentários no Facebook