Marketing de Conteúdo: na prática, como funciona?

Em 2 ago 2015 - 11:30pm por redação

conteudo-felicidade

Entender e estudar o público-alvo é fundamental em qualquer estratégia de marketing, isso é inegável! Porém, no Marketing de Conteúdo, essa pesquisa e entendimento são feitos com um propósito diferente da publicidade tradicional. O foco aqui deve ser na felicidade do seu público!

Entender o consumidor é sempre o primeiro passo…

Toda e qualquer empresa tem o dever de ouvir seus clientes e consumidores em potencial. Seja para entender suas necessidades, melhorar seu produto, criar novas soluções ou investir em marketing. Quando se trata da publicidade tradicional, onde se faz uso de mídia paga para informar, persuadir e lembrar sobre o seu produto ou organização, é necessário toda uma pesquisa de público-alvo para definir a melhor linguagem e os melhores pontos de contato (propaganda na televisão, anúncio em revistas ou banners em sites, por exemplo).

No marketing de conteúdo, é necessário focar em entender seu público, seus gostos, anseios e estilo de vida, para produzir conteúdo que o ajude a viver melhor! A partir daí, você inicia um processo de diálogo e identificação do seu consumidor-alvo com a sua marca. Não é à toa que a nossa missão aqui na Videobes é trazer felicidade através do conteúdo.

relevancia-na-internet

Mas na prática, como isso funciona?

Digamos que você seja uma marca de tênis esportivos e está se comunicando da seguinte forma: “Compre conosco e garanta o melhor desempenho na prática de esportes!”. Este é um exemplo clichê de comunicação na publicidade tradicional, onde o foco é o serviço, produto ou o ganho do cliente. Agora imagine que esta mesma marca tenha um blog onde posta dicas para prática de esportes, um canal no YouTube que fale sobre como manter hábitos saudáveis, compartilhe nas redes sociais diariamente dicas de alimentação para atletas e mantenha uma newsletter sobre motivação e superação. Quem você acredita que atingiu mais efetivamente seu público-alvo?

amigochato

É importante ressaltar que não estamos sugerindo que todos abandonem suas campanhas publicitárias! O blog da sua empresa pode se beneficiar com a visibilidade de uma campanha, por exemplo. Nossa intenção é abrir os horizontes para que você conheça essa tendência de marketing que está ganhando força e a inclua no seu planejamento de comunicação integrada.

Para encerrar o post de hoje, deixo vocês com uma citação de Brandon Carter, gerente de marketing da Outbrain, sistema de distribuição de conteúdo:

“Trazer um sorriso ao rosto de uma pessoa pode não resultar diretamente em uma venda, mas pode aumentar a afinidade daquela pessoa com a marca ou criar um compartilhamento no Facebook que estenderá o alcance da marca até uma nova audiência”.

Comentários no Facebook