Mozilla testa um “modo secreto” de verdade para o Firefox

Em 17 ago 2015 - 2:29pm por redação
Mozilla testa um "modo secreto" de verdade para o Firefox

A Mozilla quer tornar a navegação privada em algo realmente secreto.

A organização está testando melhorias na navegação privada do Firefox, feita para bloquear elementos de sites que poderiam ser usados por terceiros para rastrear a navegação dos usuários em diferentes páginas. A maioria dos grandes navegadores, incluindo o Firefox, possuem uma opção “Do Not Track”, apesar de muitas dessas companhias não honrarem isso.

A ferramenta experimental da Mozilla é feita para bloquear partes externas como redes de anúncios ou empresas analíticas de rastrearem os usuários por meio de cookies e impressões digitais de navegação.

A novidade está disponível no Firefox Developer Edition para Windows, Mac e Linux, e no Firefox Aurora para Android, anunciou a Mozilla neste final de semana.

O serviço ainda está em uma fase pré-beta, apesar de poder ser incorporado em versões futuras do navegador principal do Firefox.

A ferramenta pode fazer com que alguns sites que usem muitos dados não sejam carregados corretamente, afirmou a Mozilla. Os usuários podem desbloquear sites específicos caso queiram.

As melhorias também ajudam a identificar plug-ins inseguros que poderiam instalar malware ou coletar informações dos usuários por meio dos browsers.

“Nós trabalhamos com desenvolvedores e criamos um processo que tenta verificar que os plug-ins instalados no Firefox atendam às diretrizes e critérios que desenvolvemos para assegurar que eles sejam mais seguros para vocês”, explica a Mozilla em seu blog.

O rastreamento web fornece combustível para negócios lucrativos de anúncios direcionados. Um relatório recente mostrou que o uso de softwares que bloqueiam anúncios está em alta, custando bilhões de dólares às editoras.

Outras extensões de navegadores feitos para bloquear rastreamento e anúncios direcionados incluem o Ghostery e o AdBlock Plus.

Comentários no Facebook