Yahoo quer revolucionar com novo app que faz chamada de vídeo sem áudio

Em 13 ago 2015 - 3:44pm por redação
Yahoo quer revolucionar com novo app que faz chamada de vídeo sem áudio

O Yahoo lança nesta quinta-feira, 13/8, no Brasil o seu aplicativo Livetext, que chama a atenção por combinar mensagens escritas com chamadas de vídeo sem áudio.

É isso mesmo, o mais novo app móvel do Yahoo permite que os usuários façam videochamadas, mas nada de poder falar com a outra pessoa por áudio, apenas via mensagens de texto e emoticons.

A empresa chefiada por Marissa Mayer aposta que o novo aplicativo (que usa o slogan “Perfeito para quando você não pode falar”) poderá significar uma revolução na maneira como as pessoas falam umas com as outras ao combinar vídeo e mensagens ao mesmo tempo.

“Estamos focados em esse app ser um novo tipo de comportamento, já que é um novo estilo. Estamos entrando em um novo lugar, em que as pessoas podem se falar sempre. Outros serviços são muito focados em uma ou outra forma de comunicação. E não é assim que você deve se comunicar. O nosso serviço aumenta a maneira como você se comunica, adiciona uma camada emocional com o vídeo”, explica o diretor sênior de gerenciamento de produtos do Yahoo, Arjun Sethi (foto abaixo).

Yahoo quer revolucionar com novo app que faz chamada de vídeo sem áudio

Questionado, o executivo nega que o novo formato seja restritivo para os usuários e cita até exemplos de possíveis usos. “Isso (o fato de não ter áudio) é uma parte importante do que fazemos, já que você pode usar vídeos em qualquer lugar. Por exemplo, em áreas com muitas pessoas e/ou muito barulho, como jogos de futebol ou shows, você pode usar o vídeo, mas sem aquele ruído.”

Como o nome sugere, o app é focado em ser um aplicativo de conversas em tempo real. Por isso mesmo, o Yahoo diz que não é possível gravar os vídeos ou salvar um histórico das mensagens de texto trocadas com outros usuários. “Os vídeos são criptografados end-to-end. É algo privado e ninguém poderá ver isso. Levamos muito a sério a segurança e a privacidade dos nossos usuários.

Ainda com pouco tempo de vida, o aplicativo também chega nesta semana à América Latina. Anteriormente, já estava disponível em países como Estados Unidos, Reino Unido, Canadá, Irlanda, Alemanha, França, Hong Kong e Taiwan.

Talvez por isso mesmo, o Yahoo diz que não abre números sobre quantos usuários pretendem atingir até o final de 2015. “Não temos objetivos públicos sobre isso e estamos focados em ampliar a qualidade. O produto tem apenas quatro semanas de lançamento. O roadmap é conseguir o maior número de pessoas que usem o aplicativo”, explica o executivo, que lembra que o serviço funciona tanto em redes móveis (3G/4G) quanto no Wi-Fi.

iOS e Android 

O Livetext já pode ser baixado gratuitamente pelos usuários brasileiros nas plataformas Android e iOS, da Apple.

Comentários no Facebook