Motorista bate em carro e faz campanha no Facebook para encontrar dono

Em 17 set 2015 - 4:56pm por redação
  • Arquivo Pessoal

    Motorista bate em carro e faz campanha no Facebook para encontrar dono

    Funcionária pública quer reparar possível dano causado a desconhecido

Uma motorista do Distrito Federal lançou uma campanha no Facebook para encontrar o dono de um carro laranja da marca "Uno". A funcionária pública Thais Drimel Andrade, 36, bateu no veículo na última terça-feira (15) e gostaria de reparar os possíveis danos.

Thais conta que o acidente aconteceu por volta de 8h30, no estacionamento de um hospital da Asa Sul. Segundo ela, uma caminhonete estava estacionada de um lado e o Uno do outro. "A passagem estava apertada e calculei mal a manobra e acabei encostando no carro. Não creio que tenha ficado muito amassado. O meu veículo ficou com a marca da tinta laranja".

Como não tinha papel e caneta para deixar um recado para o proprietário, decidiu apelar para as redes sociais. Ela informou que também não conseguiu fotografar a placa do veículo por medo de atrapalhar o acesso dos outros motoristas ao pronto-socorro. "Divulgar nas redes sociais foi à forma de tentar achar o dono do carro, me desculpar e me redimir".

A funcionária afirma ter ficou triste por ter causado um prejuízo a um desconhecido e lembra como é passar por isso. "Fiquei tão triste e irritada quando amassaram a frente do meu carro num intervalo de menos de meia hora que o deixei estacionado. Não gosto nem de imaginar que causei o mesmo mal à outra pessoa, ainda que sem querer". 

Reprodução

Motorista bate em carro e faz campanha no Facebook para encontrar dono

Motorista bate em carro e faz campanha no Facebook para encontrar dono

A mensagem foi publicada no perfil pessoal de Thais e em grupos famosos de Brasília no Facebook. "Olá, se você tem um Uno laranja que estava estacionado na entrada do estacionamento do Hospital Alvorada da Asa Sul hoje (15), por volta de 8h30 e ele foi arranhado, a culpa é minha", diz um trecho do post.

Até o fechamento da matéria, o dono do Uno laranja ainda não tinha sido encontrado. Mesmo assim, Thais ainda tem esperanças que alguém marque o motorista no post ou ele mesmo veja. "Mais de 318 pessoas já curtiram e pessoas de até outras cidades estão compartilhando. Uma hora vai chegar até ele, afinal, um Uno laranja não é um carro comum", diz a servidora pública.
 

Comentários no Facebook