Estado Islâmico divulga vídeo onde ameaça Mark Zuckerberg e CEO do Twitter

Em 25 fev 2016 - 5:20pm por redação
Estado Islâmico divulga vídeo onde ameaça Mark Zuckerberg e CEO do Twitter

O Estado Islâmico divulgou nessa semana um vídeo de 25 minutos onde ameaça Mark Zuckerberg, CEO do Facebook e o CEO do Twitter, Jack Dorsey.

O vídeo é uma resposta às duas redes sociais que têm intensificado seu trabalho para combater aliados do ISIS ao remover suas páginas e perfis. O grupo extremista usa tais redes para fazer propaganda de suas ações e recrutar novos membros. 

“Vocês anunciam todos os dias que estão suspendendo nossas contas”, diz o vídeo. “Para vocês nós dizemos: isso é tudo o que podem fazer?”. No vídeo, fotos dos dois executivos aparecem perfuradas por tiros. 

“Se vocês fecharem uma conta, nós tomaremos 10 em resposta e em breve seus nomes serão apagados depois que nós deletarmos seus sites. A vontade de Allah e saberão que o que dizemos é verdade”, diz texto que aparece sobre imagens do vídeo.

Segundo o ISIS, o grupo controla 10 mil contas no Facebook, 150 grupos na rede social e 5 mil perfis no Twitter.

Ao Business Insider, um representante do Twitter disse que não comentaria tal ameaça, uma vez que ameaças como essa se tornaram comuns. “Acontece toda hora”, disse ao site. 

 

Comentários no Facebook