Foxconn pagará US$ 6 bilhões em participação majoritária da Sharp

Em 25 fev 2016 - 2:21pm por redação
Foxconn pagará US$ 6 bilhões em participação majoritária da Sharp

A Foxconn assumirá a japonesa Sharp em um acordo de cerca de 700 bilhões de ienes (cerca de US$6 bilhões), informou a Sharp nessa quarta-feira (24) confirmando rumores de que a gigante taiwanesa buscava comprar a companhia japonesa. A aquisição da Foxconn lhe dará direito a 65,9% das ações da Sharp.

A fabricante de iPhones da Apple e outros produtos chaves eletrônicos, a Foxconn há tempos mira na Sharp para aumentar seu alcance nos negócios e expertise em produção. A companhia japonesa também é fornecedora da Apple. 

A Sharp disse que recebeu o comprometimento da Foxconn e de companhias ligadas a ela de que a marca Sharp seria mantida assim como seus funcionários.

A japonesa, que conta com negócios em eletrônicos para consumidores, componentes como câmeras, células solares e telas LCD, também estava em negociação com a Innovation Network Corporation of Japan, que é apoiada pelo governo japonês. 

A Sharp disse que buscava por um investidor que poderia apoiar os investimentos da companhia em tecnologias como robótica e Internet das Coisas para direcionar oportunidades na área de “novas conexões entre pessoas e aplicações para casa”. 

Descrevendo as condições de negócios enfrentadas pela empresa como “ainda duras”, a Sharp também anunciou este mês cortes de salários e subsídio para trabalhadores e gestores que foram introduzidas em agosto do ano passado e deve seguir até março de 2017. Tais reduções enxugariam os custos da companhia em 3,6 bilhões de ienes. 

Nesta quinta-feira (25), logo após o anúncio da aprovação da compra pela Sharp, a Foxconn lançou dúvidas sobre o acordo, dizendo que iria adiar a assinatura do mesmo até que revisse alguma “nova informação relevante” da Sharp, segundo fontes ouvidas pelo Wall Street Journal.

 

 

Comentários no Facebook