Governo Trump quer acabar com a neutralidade de rede implementada por Obama

Em 23 nov 2017 - 11:25am por redação
Governo Trump quer acabar com a neutralidade de rede implementada por Obama - IDG Now!

O presidente da Comissão Federal de Comunicações dos Estados Unidos (FCC, na sigla em inglês), Ajit Pai, revelou nessa terça-feira (21/11) planos para revogar a neutralidade de rede. A política foi regulamentada pela administração anterior de Barack Obama e impede que provedores de banda larga bloqueiem ou desacelerem o serviço. As informações são da Agência Reuters.

Na prática, a decisão daria amplos poderes a operadoras como Comcast, Verizon e AT&T para determinar quais sites e serviços online seus clientes poderiam consumir.

Indicado para a posição pelo presidente Donald Trump em janeiro, o republicano Pai também disse que impedirá que Estados e cidades norte-americanas adotem proteções similares ao princípio de neutralidade da rede, que diz que os dados de todos os usuários devem ser tratados da mesma forma pelos provedores de conexão, sem distinção econômica ou social.

Até então, operadoras estão proibidas de cobrarem mais, reduzir velocidade ou bloquear tráfego de dados dos usuários. Vale lembrar que o próprio Trump, em 2014, havia mostrado oposição à neutralidade antes de ser regulamentada e implementada pelo governo anterior em 2015.

“Devemos simplesmente definir regras que permitam que empresas possam competir em cada setor e deixar que os consumidores decidam quem ganha e perde”, disse Pai à Reuters.

Já as empresas afirmam que continuarão a tratar todos os dados de maneira igual, mas que planejam aproveitar a oportunidade para “pensar e implementar novos modelos de negócios.”

Uma reunião para votar a rescisão das regras de neutralidade da rede está marcada para o dia 14 de dezembro.

Comentários no Facebook