Jeff Bezos investe US$ 42 milhões em relógio que medirá tempo durante 10 mil anos

Em 21 fev 2018 - 1:51pm por videobes


Jeff Bezos, o nome por trás do conglomerado Amazon, anunciou nessa terça-feira (20) que a construção para o chamado Relógio dos 10 mil Anos, um ambicioso projeto em parceria com a organização sem fins lucrativos Long Now, começou.

“Este é um relógio especial, projetado para se transformar em um símbolo, um ícone para o pensamento em longo prazo”, escreveu Bezos no site do projeto.

O relógio é uma grande obra de engenharia e foi projetado para medir o tempo em anos e séculos, em vez de minutos e segundos. Ou seja, quando pronto, ele soará uma vez por ano, para que seus ponteiros girem totalmente uma vez a cada século e o cuco saia do seu interior a cada milênio.

Em sua conta no Twitter, Bezos explicou que o relógio será alimentado por ciclos térmicos dia e noite e sincronizado ao meio-dia solar. A equipe que trabalha na iniciativa já perfurou um eixo vertical de 150 metros de profundidade para o relógio em uma área do Texas, que também pertence a Bezos, que investiu US$ 42 milhões no projeto.

A ideia original para o relógio pertence a Danny Hillis, que propôs seu conceito em 1995 na publicação Wired. Bezos tem apoiado Hillis nos últimos anos. A proposta do relógio, segundo Hillis, é dar uma maior sensação do impacto das nossas decisões e pensar sobre as consequências a longo prazo do que fazemos.

É claro, um relógio dessa magnitude envolve uma série de complexidades, incluindo uma simples visita a ele. Isso porque, representa várias horas de trajeto de automóvel do aeroporto mais próximo, que fica em San Antonio, para depois atravessar o acidentado caminho no interior da Sierra Diablo, a oeste do Texas, que se eleva por 600 metros sobre o fundo do vale.

De acordo com Bezos, visitantes poderão visitar o relógio quando pronto. A ideia é oferecer também uma espécie de museu que documento o projeto.

Comentários no Facebook