Spotify deve estrear na Bolsa de Nova York no próximo dia 3 de abril

Em 19 mar 2018 - 2:26pm por videobes


Depois de uma série de rumores de que o Spotify iria à oferta pública, o serviço de streaming confirmou, nesta semana, durante apresentação aos investidores que se lançará na Bolsa de Nova York no próximo dia 3 de abril. A empresa aparecerá na lista com o símbolo “SPOT”.

Entretanto, a empresa de origem sueca defendeu um procedimento não muito comum para atrair investidores antes da listagem das ações. Em webcast público, o CEO e cofundador da companhia, Daniel Ek, explicou que as ações da empresa vão estrear nos mercados no que é conhecido como listagem direta, sem intermediadores tradicionais.

“Vocês não verão a gente tocando sinos ou fazendo festas de lançamento. Uma vez que a Spotify não está vendendo ações na listagem, estamos totalmente concentrados no desempenho de longo prazo do negócio”, disse Ek. “Para nós, ir a público nunca foi algo sobe pompas e circunstâncias”, completou.

Em resumo, diferente dos tradicionais IPOs, o Spotify não irá levantar capital novo. Ao invés disso, irá simplesmente listar as ações existentes detidas por investidores da companhia. Ek afirmou que ao recorrer a listagem direta, os acionistas do Spotify podem vender suas ações imediatamente, enquanto uma introdução clássica estabelece um período de espera. Como no IPO o Spotify não vai emitir nenhuma ação nova, a empresa não definiu um preço de listagem

A companhia informou que no fim de 2017 tinha 71 milhões de assinantes pagos e 159 milhões de usuários ativos e que em 2016 obteve 42% das receitas do mercado mundial de transmissão online.

Comentários no Facebook