Polícia confirma tiroteio na sede do YouTube; atiradora morreu no local

Em 4 abr 2018 - 1:47pm por videobes


A polícia da Califórnia (EUA) confirmou que uma mulher abriu fogo, nesta terça-feira (3), na sede do YouTube, em San Bruno. De acordo com as autoridades, a autora dos disparos era uma mulher e ela teria tirado a própria vida no local. Segundo informações da CNN, ao menos três pessoas foram feridas no incidente.

O chefe de polícia de San Bruno, Ed Barberini, disse que a investigação está apenas no início e que pouco se sabe até agora. “Provavelmente não teremos mais notícias até amanhã de manhã”, declarou.

Na tarde desta terça-feira, os primeiros relatos de um possível tiroteio vieram de próprios funcionários do YouTube. O gerente de produto da companhia, Vadim Lavrusik, publicou em sua conta no Twitter de que havia um atirador no campus. Todd Sherman, também gerente de produto do YouTube, publicou no microblog que funcionários acharam que se trataria, inicialmente, de um terremoto. Pessoas começaram a deixar reuniões e antes de chegarem a saída do prédio, ouviram de que um atirador se encontrava no local. Sherman ainda escreveu que havia sangue no chão e nas escadas.

O CEO do Google lamentou o incidente e, por meio do Twitter, escreveu: “Não há palavras para descrever a tragédia que aconteceu hoje. Susan Wojcicki e eu estamos focados em dar suporte a nossos funcionários e a comunidade do YouTube através destes tempos difíceis. Obrigada a polícia e as primeiras pessoas que responderam aos esforços e a todas as mensagens de apoio”.

Comentários no Facebook