Mozilla remove extensões do Firefox que coletavam dados indevidamente

Em 20 ago 2018 - 2:43pm por videobes

A Mozilla removeu mais de 20 extensões disponibilizadas para o navegador Firefox que coletavam indevidamente informações pessoais de usuários. Alguns dos complementos excluídos eram bastante populares, e um caso específico era usado por mais de 220 mil pessoas.

A exclusão de 23 extensões foi confirmada pelo engenheiro Rob Wu, da Mozilla. Os complementos removidos coletavam dados sem consentimento dos usuários e enviavam para servidores remotos, segundo o site Bleeping Computer.

Segundo Wu, as extensões atuavam de duas maneiras distintas. Um grupo de aplicativos coletava dados de navegação e repassava para um servidor remoto. Já o segundo grupo também executava códigos remotamente, dando a hackers um possível controle da máquina com a extensão instalada.

A mais popular entre as extensões removidas era uma chamada Web Security, que tinha mais de 220 mil instalações. Os outros complementos também eram relativamente populares, e o grupo completo de 23 extensões somava mais de 500 mil instalações de usuários do Firefox.

A lista completa das extensões não foi divulgada, mas parte delas envolvia recursos bastante procurados por usuários, como a opção de remover anúncios no YouTube e até mesmo de baixar vídeos no serviço do Google.

Além de excluir as extensões da loja do Firefox, a Mozilla também desativou os complementos de todos os computadores em que eles estavam instalados.

Comentários no Facebook