Facebook investe US$ 1 bilhão em seu primeiro data center na Ásia

Em 6 set 2018 - 2:44pm por videobes


O Facebook vai abrir seu primeiro data center na Ásia, investindo para isso um total de 1 bilhão de dólares. A central de processamento de dados será construída em Cingapura, terá 11 andares e ocupará uma área de 170 mil metros quadrados, equivalente a mais de 23 campos de futebol.

As instalações serão movidas apenas por energia renovável, seguindo o padrão adotado pelo próprio Facebook em seus data centers em outros países. A ideia é também não descumprir a meta estipulada pela própria empresa recentemente, que é usar fontes de energia limpa em todos os prédios globalmente até o final de 2020.

A construção de um novo conjunto de servidores na Ásia é parte da estratégia da companhia de crescer no continente. A região já é, hoje, a mais importante para a empresa: de seus 2,23 bilhões de usuários ao redor do mundo, 828 milhões estão espalhados pela área. Para efeito de comparação, o Brasil, que é um dos maiores mercados do Facebook, tem 127 milhões.

Conforme explicou Thomas Furlong, VP de infraestrutura de data centers do Facebook, ao ZDNet, a expectativa é de que as novas instalações comecem a operar em 2022. A construção, no entanto, deve continuar durante os anos seguintes. As instalações deverão consumir, em seu pico de utilização, até 150 megawatts.

Vale dizer que o Facebook não é a primeira grande empresa de tecnologia a investir em data centers na região asiática. Mesmo com funcionamento restrito na China, maior mercado do continente, o Google tem duas centrais de dados instaladas na Ásia, uma em Cingapura e outra em Taiwan. A construção de uma terceira ainda foi anunciada no começo do mês passado.

Comentários no Facebook