Google aperta o cerco contra apps que violam permissões de SMS e ligações

Em 17 jan 2019 - 12:15pm por videobes


O Google anunciou nesta semana que vai começar a remover da Play Store os aplicativos que violem as suas permissões referentes ao acesso de mensagens SMS e registro de ligações nos smartphones, conforme informações do Ars Technica.

Segundo a empresa de Mountain View, que diz levar “muito a sério” o acesso a dados sensíveis e permissões, a iniciativa tem o objetivo de proteger a privacidade dos seus usuários

“A nossa nova política é feita para assegurar que os apps pedindo por essas permissões precisam de acesso completo e contínuo aos dados sensíveis para realizar o seu objetivo de uso principal, e que os usuários vão entender por que esses dados deveriam ser exigidos para esse app funcionar”, explica a companhia em seu blog sobre a medida que tinha sido revelada originalmente em outubro de 2018.

Vale notar que o Google notificou os desenvolvedores de aplicativos que já usavam essas permissões de SMS e registro de ligações antes da mudança. Eles receberam um prazo de 90 dias para removê-las – ou para enviar um formulário solicitando as permissões. “Ao longo das próximas semanas, vamos remover da Play Store os apps que pedem por permissão para SMS ou Registro de Ligações e não enviaram um formulário de declaração de permissão”, de acordo com a gigante de buscas.

A companhia revela que já recebeu dezenas de milhares de pedidos de revisão de desenvolvedores por conta das permissões. O processo de análise leva em conta os seguintes pontos: benefício trazido ao usuário pelo recurso, importância da permissão para a funcionalidade principal do app, risco apresentado pelos apps com esse tipo tendo acesso a dados sensíveis, e disponibilidade de outras alternativas para habilitar o recurso em questão.

Comentários no Facebook