Saiba como impulsionar sua carreira com o LinkedIn

Em 22 ago 2019 - 12:56pm por videobes

O LinkedIn é, atualmente, uma das maiores redes sociais profissionais que existem no mundo. São mais de 530 milhões de usuários cadastrados, e esse número só continua a subir. 

Isso porque, em um mundo imerso na internet e nas novas tecnologias, é fundamental se fazer presente e se manter conectado com outras pessoas. Assim, dentro do LinkedIn, é possível conquistar grandes vantagens tanto para a carreira profissional dos usuários quanto para as empresas as quais desejam otimizar a sua imagem no mercado de trabalho.

Pensando no grande sucesso dessa rede social, esse artigo tem o intuito de explicar como o LinkedIn pode colaborar para o sucesso profissional das pessoas, demonstrando as suas funcionalidade, vantagens, e algumas ações que podem ser realizadas pelos usuários.

No que consiste o LinkedIn?

O LinkedIn nada mais é do que uma rede social cujos objetivos são os mais variados possíveis dentro do mercado de trabalho:

  • Abrir espaços de discussão para negócios;
  • Realizar negócios;
  • Publicar projetos profissionais empreendidos;
  • Encontrar candidatos para vagas;
  • Auxiliar na procura por empregos.

Desta maneira, um profissional pode tanto se candidatar em uma vaga de recepcionista para eventos, por exemplo, quanto a empresa produtora de eventos pode encontrá-lo através do LinkedIn.

 Por que o LinkedIn é tão importante?

O LinkedIn, para profissionais, é um espaço onde é possível desenvolver um currículo online. É possível descrever acontecimentos notáveis de carreira, para complementar a imagem profissional da pessoa utilizando textos, fotos, vídeos, link e etc. 

Tudo isso colabora com as três funcionalidades principais do LinkedIn, as quais serão abordadas a seguir.

 

1) Fortalecimento da imagem profissional

Tendo em vista que o LinkedIn é um espaço repleto de empresas interessadas em preencher vagas para suas equipes, essa rede social é essencial para que um usuário se estabeleça adequadamente como profissional. 

Isso pode ser feito por meio das comunidades dentro do LinkedIn. Estes espaços são importantes para que alguém possa adquirir maiores informações da sua área, bem como postar conteúdos e criar contatos com outras pessoas. 

Assim, um especialista em instalação de placa solar, por exemplo, pode entrar em uma comunidade contendo outros profissionais da área de energia solar, onde essa pessoa pode descobrir mais sobre as novas tecnologias de instalação.

Ao desenvolver contatos dentro dessas comunidades, os profissionais podem colocar em seu perfil, em uma área específica para isso, recomendações de outros profissionais com os quais trabalhou, como: antigos chefes, colegas de trabalho, clientes, etc. 

Essas contribuições ficam bem posicionadas dentro do perfil do profissional, colaborando para uma boa impressão diante dos seus visitantes. Dessa maneira, por exemplo, um trabalhador na área de produção artística e musical pode conter em seu perfil uma série de recomendações de clientes que já gravaram músicas com ele. 

Com isso, uma escola que oferece curso de áudio, ao ver tais informações, pode se interessar por esse profissional e propor a ele um emprego como professor de áudio.

Essa credibilidade profissional pode ser ainda mais fortalecida quando o usuário compartilha, produz e consome conteúdo de qualidade. Ou seja, publicar, compartilhar e curtir bons textos, manter o perfil atualizado e atraente, além de ter uma lista de contatos bastante forte, são ferramentas para melhorar a visibilidade do profissional.

2) Networking

O networking consiste, basicamente, na ação de criar uma larga rede de contatos, a qual pode se destacar tanto por quantidade quanto por qualidade. Nesse sentido, o LinkedIn é uma plataforma que favorece a realização de contatos, tanto que, nesta rede social, o usuário não “adiciona amigos”, mas sim “faz conexões”. 

Ter um bom networking permite que um engenheiro especializado em terraplanagem de terreno, por exemplo, fique mais próximo de oportunidades interessantes de emprego, já que indicações podem ser feitas por outras pessoas para grandes empresas.

Portanto, para ampliar o networking de um usuário, é importante manter contato com conhecidos, trocando informações ou parabenizando-os quando alguém consegue um novo emprego ou tem alguma realização acadêmica e pessoal. 

 

Além disso, fazer conexões com pessoas que realmente agreguem ao perfil do profissional oferece uma boa qualidade ao networking. 

Assim, um técnico em elétrica especializado em reparo de ar condicionado, por exemplo, pode encontrar pessoas que atuam dentro da área de equipamentos elétricos ou que também exercem funções relacionadas a consertos de condicionadores de ar.

3) Procura de empregos

O LinkedIn, como já dito anteriormente, é um grande espaço para se procurar por ofertas de trabalho. Isso porque existem muitas empresas que utilizam essa rede social para consultar o perfil dos seus candidatos. 

Essa é a importância de investir tanto na melhoria da imagem profissional dentro do LinkedIn.

Outro detalhe importante é que o LinkedIn faz uso de algoritmos os quais colaboram para que um usuário seja ou não facilmente encontrado dentro das abas de pesquisa, como se fossem técnicas de SEO aplicadas a uma rede social. 

Portanto, uma empresa pode ir à procura de profissionais com experiência em coleta seletiva na construção civil, por exemplo, através de informações chave, como “construção civil”, setor, área de atuação, grau de profissionalização, formação acadêmica, entre outros fatores que auxiliam a filtrar a busca.

Pensando nessa questão, um professor de dança, por exemplo, pode colocar tanto no seu perfil quanto nas suas postagens do LinkedIn palavras-chave as quais remetem a tais informações citadas (no caso, termos como “aula de dança”, “professor de dança”, “instrutor de sertanejo” podem ser utilizados por esse profissional). 

Dessa maneira, uma escola de dança que estiver procurando por profissionais para ministrar uma aula de ritmos, por exemplo, pode usar essas palavras-chave para caírem diretamente no perfil da pessoa citada.

Dicas para ter um bom perfil profissional no LinkedIn

Além das informações passadas acima para que uma pessoa consiga se destacar dentro das redes sociais, existem dicas importantes que devem ser levadas em consideração para que os profissionais se destaquem dentro do LinkedIn.

Use fotos: esse é um elemento básico. Todo perfil de qualquer rede social que deseja ser visto pelas pessoas precisa ser capaz de se identificar. No caso do LinkedIn, isso não é diferente. Portanto, a fotografia a ser colocada não precisa ser, obrigatoriamente, formal. Ela apenas deve estar relacionada ao meio de trabalho do profissional, permitindo a identificação dele. Fotos fora de contexto pode não ser bem vistas.

Crie bons resumos: o resumo, como o nome já indica, é o espaço em que o usuário pode demonstrar brevemente quem ele é. Para isso, é importante levantar três dados essenciais: o que o profissional já fez no mercado de trabalho; o que ele gosta de fazer. e quais são as suas experiências mais relevantes.

Nenhuma informação deve ser deixada de lado: no LinkedIn, existem muitos usuários que acabam deixando em branco espaços que poderiam ser preenchidos com informações consideradas relevantes por parte das empresas. Algumas filtram a pesquisa por candidatos levando em consideração as causas que ele apoia, os projetos voluntários que realizou, gostos pessoais, participação em organizações filantrópicas, entre outros detalhes. Dependendo da vaga, este pode ser um grande diferencial.

Mantenha os dados sempre atualizados: fazer isso torna o seu perfil ativo dentro da rede social, colaborando para que seja encontrado mais facilmente. Assim, todos os acontecimentos devem ser noticiados, como a aquisição de um novo emprego ou de um cargo maior. Momentos assim melhoram e muito o engajamento de um perfil do LinkedIn, ampliando as chances dele ser visto. Vale ressaltar que não apresentar informações consideradas importantes por empresa que estão recrutando, pode ser algo negativo para a imagem de um profissional dentro da mídia social.

E qual é a importância do LinkedIn para as empresas?

Dentro do LinkedIn, as empresas conseguem fazer algo que geralmente não é possível em entrevistas de emprego ou em métodos de recrutamento tradicionais: conhecer o seu candidato mais a fundo. 

Isso porque, através dos conteúdos que um profissional consome, das postagens que ele curte e da sua rede de contatos, pode-se tirar diversas conclusões sobre o comportamento e sobre as características profissionais dessa pessoa.

Além disso, ao poder checar mais profundamente as informações relativas a um profissional, uma empresa que realiza serviços de fechamento de varanda, por exemplo, é capaz de encontrar todos os atributos de um técnico dessa área em um único só lugar. 

Isso permite uma seleção mais apurada de candidatos para entrevista ao invés de simplesmente convocar todas as pessoas que enviarem currículos.

Dessa maneira, é possível perceber que o LinkedIn é uma rede social favorável para ambos os lados: tanto para os profissionais quanto para as empresas.

Por essa razão, é preciso zelar pela imagem profissional e pelas ações dentro desse espaço, buscando sempre um destaque maior dentro do mercado do trabalho em relação a outros usuários.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Comentários no Facebook