Saiba utilizar o Google Adsense

Em 19 nov 2019 - 2:17pm por videobes

O Google Adsense é uma das maneiras mais práticas de ganhar dinheiro na internet, bem como monetizar o seu site/blog. 

De modo resumido, a ferramenta consiste em uma plataforma de publicidade online, que permite ao Google inserir anúncios em seu website e, com isso, você recebe uma remuneração pela exibição.

A grande vantagem do Google Adsense está na praticidade, visto que é possível aumentar a receita do seu site de forma simples e automatizada. 

Com o plataforma, o próprio Google é responsável por exibir os anúncios no site (os chamados adsense publishers) e receber a receita da propaganda, através do Google Ads (anunciantes).

Mas, como funciona o Google Adsense?

Imagine que você está navegando por um blog sobre vida saudável e fitness, quando se depara com um anúncio de whey isolado feminino

Essa propaganda pode ter origem do Google Adsense, visto que ele é o programa de anúncios mais utilizados em todo o mundo para divulgação em websites e blogs.

Resumidamente, o Google paga o dono do site ou do blog, como uma espécie de “aluguel”, onde os anunciantes podem inserir propaganda naquele espaço. A remuneração é feita por quantidade de cliques, impressões e outros fatores.

Voltamos ao exemplo do blog sobre vida saudável. Ao visualizar um anúncio de uma academia de musculação completa, quer dizer que o anunciante (academia) investiu no Google Ads e, o Google recebe uma parte do lucro e paga o blog para a divulgação da propaganda. 

A lógica é bem simples e, por esse motivo, o Adsense vem se popularizando a cada dia. Para receber dinheiro com o Adsense não é preciso muito. As exigências da plataforma são:

  • Ter um site/blog com conteúdo original;
  • Ter uma conta no Google;
  • Fornecer telefone e endereço postal;
  • Manter o site/blog atualizado.

 

Importante destacar que não é preciso pagar nada para se inscrever no Adsense, somente dividir com o Google a receita gerada com os anúncios exibidos. 

Ou seja, no caso do nosso exemplo, o blog de vida saudável divide a remuneração por cliques, impressões e interações com a propaganda da academia corporativa com o próprio Google, sem ter que desembolsar nenhum dinheiro, pois a cobrança é automática.

Normalmente, a receita gerada no Adsense é feita de duas formas:

 

  1. Custo por clique (CPC): em que o site/blog é pago sempre que o usuário clica no anúncio em exibição;

 

  1. Custo por mil impressões (CPM): em que o site/blog é pago pelo número de usuários que visitam a página.

 

Apesar da praticidade, é preciso saber personalizar os anúncios que serão exibidos no site, para gerar uma receita positiva. 

Como no exemplo citado anteriormente, as propagandas costumam se relacionar com o conteúdo do site/blog, uma vez que a possibilidade de atração de pessoas interessadas é maior.

Ou seja, divulgar academias e, até mesmo, um curso de pilates em SP pode ser viável para um blog de vida saudável, mas pode não interessar um site de jogos online. 

Por isso, antes de mais nada, é necessário compreender mais sobre o funcionamento do Adsense e personalizar os anúncios de modo assertivo.

Passo a passo para utilizar o Google Adsense

1 – Faça o cadastro na plataforma

Antes de mais nada, para usar o Google Adsense é necessário se inscrever na plataforma. Para isso, é preciso acessar o site do Google Adsense, clicar no botão “inscreva-se agora” e iniciar o cadastro.

Durante a inscrição, é preciso incluir:

 

  • A URL do site/blog (necessário ter um domínio próprio);
  • O endereço do gmail para vinculação da conta;
  • O seu país de origem;
  • A declaração que aceita os “Termos de Uso”.

 

Após o cadastro, o Google irá analisar se o seu site/blog é elegível para participar do Adsense. Depois da aprovação, você já pode usar a plataforma para personalizar os anúncios exibidos.

Vale ressaltar que o Google apenas aprova sites/blogs com conteúdos relevantes aos usuários. 

Por essa razão, é fundamental evitar materiais plagiados e duplicados, ter informações adequadas e incluir as palavras-chave corretas. 

A organização da página e a responsividade também são levadas em consideração na elegibilidade do Adsense.

2 – Escolhendo o tipo de anúncio

Conforme mencionamos anteriormente, o Google Adsense seleciona os anúncios que mais se relacionam com o tema do seu site/blog. 

Portanto, um site com dicas de beleza para homens pode conter uma propaganda sobre implante capilar masculino. Isso faz com que a publicidade tenha qualidade e seja interessante para o público-alvo.

Mas, além do conteúdo especializado, o Adsense permite que o responsável pelo site/blog escolha o tipo de anúncio a ser exibido, em questão de formato e mídia. 

Assim, é possível optar por propagandas em texto, imagens, vídeos ou demais peças publicitárias, basta verificar qual delas é mais adequada para a sua página.

Para a exibição do anúncio, basta copiar e colar os snippets de código do Adsense diretamente no site ou blog. Com isso, os anúncios já são exibidos e começam a funcionar na plataforma.

O Google Adsense não estipula um número máximo de propagandas para publicação, no entanto, não é recomendável utilizar muitos, pois isso prejudica a navegação do público. 

Sendo assim, o melhor é sempre ter mais conteúdo do que anúncios, e a publicidade não pode ocupar mais espaço do que as informações do site. Se isso ocorrer, o Google pode desativar ou limitar as propagandas.

Por essa razão, a dica é privilegiar anúncios atrativos ao seu público-alvo. Por exemplo, uma oferta de cinta pós cirurgica lipoescultura pode ser mais interessante aos leitores de um blog de beleza e estética, do que o anúncio de uma academia. 

Apesar de serem temas relacionados, é possível perceber que há maior prioridade na cinta.

Entretanto, é importante que o responsável pelo site/blog faça uma análise do perfil médio dos seus leitores. Isso pode ajudar na definição dos temas, bem como do tamanho dos anúncios e relevância para o público-alvo.

3 – Receba a remuneração do Adsense

Após todo o processo de cadastro no Adsense e escolha dos anúncios, a plataforma passa a analisar as interações dos usuários do site/blog com as propagandas. No entanto, é preciso acumular, pelo menos, 10 dólares para receber do Google.

Com esse montante, o responsável pelo site/blog recebe um número PIN, para a inserção dos dados bancários. 

O primeiro resgate só pode ser feito com o acúmulo de 100 dólares. No Brasil, o pagamento é feito por transferência eletrônica internacional, em dólares. 

Outras maneiras de usar o Google Adsense

O modo mais convencional de utilizar o Google Adsense é por meio da veiculação de anúncios no site/blog. 

No entanto, é possível personalizar a divulgação de outras maneiras, o que aumenta as chances de engajamento do público. São elas:

Pesquisa personalizada no site/blog

O Adsense pode incluir anúncios diretamente na página de pesquisa do seu site/blog. 

Dessa forma, quando um usuário procura por algo específico na sua página, ele se depara com propagandas relacionados com a busca, o que aumenta as chances de ganhos por clique.

Por exemplo, um blog com temática de saúde pode trazer anúncios sobre ortopedista dourados ms no mecanismo de busca, fornecendo o contato do médico para os interessados.


O nível de customização dos anúncios nas caixas de pesquisa é alto. Assim, o responsável pelo site/blog tem flexibilidade para escolher a propaganda, tendo mais assertividade na divulgação. 

Ou seja, esse tipo de publicidade é mais direcionada, em comparação com os anúncios divulgados diretamente na página.

Anúncio em sites de jogos

Os sites de jogos são excelentes páginas para a divulgação do Adsense. A propaganda pode ser feita enquanto o game está carregando, com a exibição de um vídeo ou animação sobre o conteúdo.

Vale ressaltar que os anúncios em sites de jogos devem ser atrativos e despojados, visto que os usuários estão em busca de entretenimento. 

Por esse motivo, não é recomendável investir em publicidade séria, mas sim, em um conteúdo descontraído, que permite interação.

Anúncio em vídeos

Você já deve ter se deparado com as propagandas no começo ou no meio dos vídeos do Youtube. Esses anúncios são Adsense, pois o Youtube é uma empresa que pertence ao Google!

Nesses casos, a publicidade pode ou não ter relação com o conteúdo do vídeo. Por exemplo, você pode se deparar com o anúncio de uma massagem holística, antes de um videoclipe. 

A intenção da propaganda em vídeo é despertar o interesse dos usuários, sem focar em um segmento específico. O foco é, portanto, oferecer um anúncio, porém não comprometer o consumo do conteúdo.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Comentários no Facebook